quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Em meio as vozes, agitação, barulho, internet,ao fazer e fazer e fazer.....escutei uma voz suave...


A paz amados,a partir desta semana quero compartilhar algumas experiencias minhas em momentos devocionais.
Nesta postagem quero compartilhar uma experiência que tive esta semana ,cheguei em casa depois de um dia de trabalho e muito agitado, por volta das 18:00hs cheguei, e depois fui ao seminário, por volta das 22:40 hs voltei do seminário e fui tomar banho, coloquei o radio com o volume baixo, minha intenção não era orar pois estava muito cansado, mas escutei uma voz suave me chamando, logo meu coração se compungiu , e minha alma se voltou ao Senhor, fui para meu quarto em lagrimas, o Espirito Santo ministrou uma palavra em meu coração, as vezes amados temos que parar em meio a agitação, vozes , barulhos, ao fazer,fazer, fazer, temos que parar, para somente ouvir a voz do Senhor e se relacionar com Jesus, pois somos tendenciosos a nos tornar religiosos, que Deus nos livre disto pois a religião é inimiga do mover de Deus.Que possamos diariamnete ter encontro Jesus e termos um relacionamento de vida com Ele, pois é possivel sim em meio a vozes, barulho, afazeres, escutar a doce e sublime voz do Espirito Santo. Um abraço fiquem na paz.....

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

NAMORO,BISCOITO E UM GRANDE PROBLEMA


Pra quem não leu o livro sobre relacionamento esta ai o link, este livro relata a experiência de um jovem casal que se relacionaram namorando dentro da Igreja, ele relata como o namoro é um relacionamento destrutivo , mesmo sendo um namoro supostamente cristão.
Se você ainda não teve revelação que a corte é padrão de Deus para o relacionamento te desfio a ler este pequeno livro.

segue o link http://www.apriscoonline.com/page/downloads-1

domingo, 23 de agosto de 2009

FORMAÇÃO ESPIRITUAL

Quero parabenizar todos os irmãos que fizeram o curso formação espiriutal......

Deus abençoe grandemente

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Conferencia Radicais Livres 2009 eu vou você vai?

video

CAMPANHA 80 DIAS DE MULTIPLICAÇÃO


JEJUM + ORAÇÃO + EVANGELIZAÇÃO + CONSOLIDAÇÃO = MULTIPLICAÇÃO

JEJUM

Dia 18 , 19 e 20 de Setembro - Retiro Espiritual “ Buscando o fogo para Conquista”
Começo do Jejum dia 21 de Set. a 30 de outubro .

ORAÇÃO

Orações pelas manhã todos os dias do jejum das 6:00 hs 7:00 hs. Das 19:00 ás 20:00.
Todos os membros serão desafiados a orar meia hora /dia pelo alvo
Todos os Domingos recolherão as fichas de orações semanais
Encerramento do Jejum dia 30 de outubro .
Dia 31 faremos um grande Culto de oração e intercessão (12 horas de oração a confirmar).

EVANGELIZAÇÃO

Nos dias 22,23,24,25,26,27 e 28 set. Conferencia de fé e Milagres.
Dias 17 de outubro e 07 de Novembro Quebra Gelo.
Cada Célula nos eventos quebra gelos tem o alvo de levar 7 visitantes (147).
Encontros 13,14 e 15 / 27,28 e 29 de Novembro. ( a confirmar).

CONSOLIDAÇÃO

Dia 05 de Dezembro Pós encontro.
Dia 06 Batismos de manhã.
Dia 06 Multiplicações a noite.

OBSERVAÇÕES:
A campanha terá o inicio dia 18 de Setembro e se encerará dia 06 de Dezembro com uma grande festa e Batismo.
Nesta campanha indicaremos alguns livros ( Evangelismo por Fogo, Ganhe seu Mundo, Discipulado e Multiplicando Discípulos).
Todas as células terão alvos : Escola de Lideres, Batismo, Líder em Treinamento.
O alvo de cada célula no final da campanha é batizar no mínimo 3 vidas.
Queremos batizar em Dezembro 60 vidas.

PARA GLÓRI DE DEUS!!!!!!!!!!!!!!!!!

Reconhecendo o avivamento



O Senhor Jesus deixou claro que, para termos um vinho novo, necessitamos de odres novos. Odre e vinho nos falam dos dois aspectos da obra de Deus em Sua Igreja no decorrer da história: o primeiro nos fala da estrutura da Igreja e aponta para os movimentos de reforma (o movimento da igreja em células, por exemplo). Deus está restaurando os odres. Mas de nada adianta termos odres vazios. Precisamos do vinho, o segundo aspecto, o qual nos fala do derramar do Espírito Santo.
Tais derramamentos são chamados de duas maneiras: avivamento e desperta mento espiritual. O desperta mento é localizado, restrito a algumas igrejas e menos profundo. O avivamento é sempre algo mais abrangente, de repercussões muitas vezes nacionais, atingindo os muitos segmentos da Igreja.Os avivamentos do passado possuem algumas características e, como Deus jamais muda, Ele faz uso desses mesmos princípios hoje.
A primeira atitude é o preconceito, ou seja, um conceito estabelecido antes. Muitas pessoas possuem um padrão de como deveria ser um mover de Deus e, quando avaliam algum movimento e não percebem aspectos pré-estabelecidos, rejeitam-no. Esquecem que Deus é soberano e faz o que deseja da forma como quer. Para participar do mover de Deus em sua geração, assuma uma postura de abertura para a multiforme ação do Senhor.
Outra atitude bloqueadora é o exclusivismo. Alguns pensam que sua igreja local, sua comunidade, que possui uma doutrina tão bíblica e correta, deveria ser o meio para Deus começar Seu mover, mas Ele resolve começar Sua obra em outro lugar e, por isso, tais pessoas se fecham e se opõe.
Por fim, há os mitos evangélicos. Chamo de mitos afirmações do tipo: “Se fosse de Deus, não causaria divisão.” Esse mito não se sustenta, porque Jesus não veio trazer paz, mas espada. O Senhor causou divisão em todos os lugares onde foi e ainda hoje continua sendo assim.
Outro mito: “Se fosse de Deus, não seria tão emocional.” As emoções estão por toda a Bíblia: Davi dançou, chorou, lutou. Jesus chorou, se alegrou e se irou. Nós fomos criados à imagem de Deus. Se somos ser emocional, será assim mesmo que Deus irá operar em nós.
Outro mito comum é este: “Se fosse de Deus, Ele não faria isso publicamente.” Mas é exatamente o contrário. Muitas vezes Deus fez com que Seus profetas fossem a própria mensagem. Isaías andou nu e Oséias se casou com uma prostituta.Ainda há este mito: “Se fosse de Deus, não seria tão bagunçado.” O nosso conceito de ordem não é o mesmo de Deus. Precisamos considerar os movimentos de avivamento do passado, a começar daqueles descritos no Velho Testamento sob Asa, Ezequias, Josias e outros, como também os relatados no Novo Testamento durante o pentecostes em Atos. O despertamento evangélico com Wesley e Whitfield no século dezoito; o derramar do Espírito nos dias de Finney, Moody e Spurgeon, o avivamento de Gales, o pentecostal da Rua Azuza, revelam fatores comuns, os quais nos capacitam a reconhecer um avivamento bíblico genuíno. Podemos enumerar pelo menos sete fatores:
1. Consciência da presença de Deus
O aspecto fundamental deve ser um senso profundo da presença de Deus. Antes de olhar qualquer manifestação, observe se há o selo da presença de Deus.
2. Responsividade à Palavra de Deus
O senso da presença de Deus concede autoridade na ministração da Sua verdade. A mensagem que antes produzia um impacto superficial agora alcança as pessoas no profundo do ser.
3. Sensibilidade ao pecado
Se o Senhor está movendo em algum lugar, haverá convicção de pecado no meio do povo. Não é interesse religioso ou excitamento, mas um profundo pesar e arrependimento.
4. Vida em comunidade
Em um avivamento, a Igreja deixa de ser um ajuntamento dominical e se torna um corpo vinculado mutuamente.
5. Frutificação e testemunho
Todo avivamento sempre possui um transbordar de evangelismo e santidade.
6. Perseguição
Todo avivamento veio acompanhado de perseguição.
7. Uma pedra de tropeço
Em todo avivamento há algo que choca aqueles que vieram de movimentos anteriores. É uma forma de Deus testar aqueles que entrarão no mover. Às vezes é um comportamento estranho, em outras há manifestações fora do comum, liturgias diferentes e ensinos extravagantes.Esses sete aspectos estão presentes em todos os avivamentos. Naturalmente, aconteceram outras manifestações e cada avivamento teve sua peculiaridade. Alguns dos avivamentos tiveram líderes fortes à frente, mas muitos foram amplos e sem nenhuma liderança especial, mas todos tiveram essas características presentes.Vivemos dias de despertamento. Oramos para que esse despertamento se transforme num grande avivamento de proporções mundiais. O mover de Deus nesses dias virá acompanhado com o odre da igreja em células. As células serão odres que conterão o vinho novo que é derramado sobre nós.

Por Pr. Alexandro Claudino